Thiago Martins de Melo

 

 

Bio

THIAGO MARTINS DE MELO

São Luís (MA), Brasil, 1981.Vive e trabalha entre São Luís, São Paulo (Brasil) e Guadalajara (México)

     Formação

2008. Mestrado em Teoria e Pesquisa do Comportamento pela Universidade Federal do Pará, UFPA, Belém, Brasil

2005Bacharel em Psicologia pela Universidade Ceuma, UNICEUMA, São Luís, Brasil

     Exposições individuais 

2019

• Al filo de la Naturaleza, Gamma Galeria, Guadalajara, México

• Necrobrasiliana, Galeria Leme/AD, São Paulo, Brasil

• Necrobrasiliana, Museu Nacional Honestino Guimarães, Brasília, Brasil

• Last Rites - Programa 24 hrs Kvalnes, A K Dolven Studio, Lofoten, Noruega

• Rasga Mortalha, Galeria Cavalo, Rio de Janeiro, Brasil

2018

• Bárbara Balaclava - Programa Emergência (curadoria de Moacir dos Anjos), Saco Azul/Maus Hábitos, Porto, Portugal

2016

• BÁRBARO BARROCO, Gamma Galeria, Guadalajara, México

• Bárbara balaclava (curadoria de Moacir dos Anjos), Projeto Política da Arte - Galeria Massangana, Fundação Joaquim Nabuco, Recife, Brasil

• Bárbara balaclava, Mendes Wood DM, São Paulo, Brasil

2013

• Teatro Nagô-cartesiano e o Corte Azimutal do Mundo, Mendes Wood DM, São Paulo, Brasil

2011

• Thiago Martins de Melo, Galeria Mendes Wood, São Paulo, Brasil

2010

• III Mostra do Programa de Exposições Centro Cultural São Paulo 2010, Centro Cultural São Paulo, São Paulo, Brasil 

2009

• Sad Goat, Projeto Trajetórias 2009, Fundação Joaquim Nabuco, Recife, Brasil

 

 

 

 

     Exposições coletivas

2020

• Riders of the Red Horse - The Pit, Glendale, Los Angeles, CA, EUA

• Triangular: arte deste século (curadoria Ana Avelar). Exposição de aquisições recentes da Casa da Cultura da América Latina da Universidade de Brasília (CAL/UnB), Casa Niemeyer. Brasília, Brasil

Videobrasil Pop-Up en Factoria Habana "Un continente para Caliban" Factoría Habana, La Habana Vieja. Cuba

2019

• Em tempo (curadoria de Gabriel Ferreira Zacarias), Espaço Cultural Casa do Lago, Unicamp, Campinas, Brasil

• Distribuição de Corpos e Representação das Sombras (curadoria de Moacir dos Anjos) - Festival FUSO 2019, Lisboa, Portugal

• Dear Amazon: The Anthropocene (curadoria de Junyun Cho e Solange O. Farkas), Ilmin Museum of Art, Seul, Coréia do Sul

• Videoex - International Experimental Film & Video Festival Zurich, Zurique, Suíça

• À nordeste (curadoria de Bitú Cassundé, Clarissa Diniz e Marcelo Campos), Sesc 24 de Maio, São Paulo, Brasil

• Devanir & Helenira & Zuleika & Vladimir, Teu Caso, Belo Horizonte, Brasil 

• DOBRA - Festival Internacional de Cinema Experimental, Cinemateca do MAM, Rio de Janeiro, Brasil

2018

• República da Cobra, Galeria Periscópio, Belo Horizonte, Brasil

• Quem não luta tá morto - arte democracia utopia (curadoria de Moacir dos Anjos), Museu de Arte 

do Rio, Rio de Janeiro, Brasil

• Simultâneos, Museu de Arte Contemporânea do Ceará, MAC-CE, Fortaleza, Brasil

• Queermuseu - Cartografias da diferença na Arte Brasileira (curadoria de Gaudêncio Fidelis), Escola de Arte Visuais - EAV, Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil

• Verzuimd Braziel - Brasil Desamparado (curadoria de Josué Mattos), 6o Prêmio CNI SESI SENAI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas, MAC-GO, Goiânia, Brasil; Museu Histórico Nacional, Rio de Janeiro, Brasil; Dragão do Mar – Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Fortaleza, Brasil; Museu de Arte de Santa Catarina - MASC, Santa Catarina, Brasil

• Hechicerías, químicas y bytes, Montevideo Cine Experimental II, Montevideo, Uruguai

• Os Tres cavaleiros do Apocalipse, Gamma Galería, Guadalajara, México

2017

• Travessia 5: Emergência, GALPÃO BELA MARÉ, Rio de Janeiro, Brasil

• South South- Let me begin again, Goodman Gallery, Cape Town, África do Sul

• A luz que vela o corpo é a mesma que revela a tela, CAIXA Cultural Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil

• Verzuimd Braziel - Brasil Desamparado (curadoria de Josué Mattos), 6° Prêmio Marcantonio Vilaça, MuBE – Museu Brasileiro da Escultura e Ecologia, São Paulo, Brasil; Espaço Cultural Marcantonio Vilaça/TCU, Brasília, Brasil

• Queermuseu - Cartografias da diferença na América Latina, Santander Cultural, Porto Alegre, Brasil

• L’ île aux Mythes (curadoria de Nicolas de Ribou), Galerie La Box - Ensa Bourges, Bourges, França

• Panoramas do Sul (curadoria de Solange Farkas), 20o Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil, São Paulo, Brasil

• DOBRA - Festival Internacional de Cinema Experimental, Cinemateca do MAM, Rio de Janeiro, Brasil

2016

• New Shamans: Contemporary Brazilian Arts from the Rubell Family Collection, Rubell Family Collection, Miami, EUA

• Orixás (curadoria de Marcelo Campos), Casa França-Brasil, Rio de Janeiro, Brasil

• Adornos do Brasil Indígena: resistências contemporâneas (curadoria de MAE/USP e Moacir dos Anjos), Sesc Pinheiros, São Paulo, Brasil

• Os muitos e o um: arte contemporânea brasileira (curadoria de Robert Storr), Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil

• A Cor do Brasil (curadoria de Paulo Herkenhoff, Marcelo Campos e Clarissa Diniz), MAR – Museu de Arte do Rio, Rio de Janeiro, Brasil

• Soft Power. Arte Brasil, Kunsthal KAdE – Amersfoort - Holanda

• Dakar Biennale (curadoria de Simon Njami), Dakar, Senegal

• Histórias da Infância (curadoria de Adriano Pedrosa, Fernando Oliva e Lilia Schwarcz), MASP – Museu de Arte de São Paulo, São Paulo, Brasil

2015

• The World is Made of Stories (curadoria de Gunnar B. Kvaran e Therese Möllenhoff), Astrup Fearnley Museum of Modern Art, Oslo, Noruega

• Imagine Brazil (curadoria de Cheryl Sim, Gunnar B. Kvaran, Hans-Ulrich Obrist e Thierry Raspail), DHC/ART Foundation for Contemporary Art, Montreal, Canadá

• 10a Bienal do Mercosul (curadoria de Gaudêncio Fidelis), Santander Cultural, Porto Alegre, Brasil

• 1a Bienal Internacional de Assunção - Grito de Libertad - Sasõ sapukái, Centro Cultural de la República El Cabildo, Assunção, Paraguai

• O ponto de ebulição, PSM Gallery (curadoria de Renato Silva), Berlim, Alemanha

• Singularidades/Anotações – Rumos Artes Visuais 1998-2013, Paço Imperial, Rio de janeiro, Brasil

Prêmio Marcantonio Vilaça, Museu de Arte Contemporânea de São Paulo, Brasil

• Imagine Brazil, Instituto Tomie Ohtake (curadoria de Hans-Ulrich Obrist, Gunnar Kvaran e Thierry Raspail), São Paulo, Brasil

• Como (...) coisas que não existem - 31a Bienal de São Paulo (curadoria de Charles Esche, Galit Eilat, Nuria Enguita Mayo, Pablo Lafuente e Oren Sagiv), itinerância SESC Campinas, Campinas, Brasil

• The Poetry In Between: South-South (curadoria de Carolyn H. Drake), Goodman Gallery, Cidade do Cabo, África do Sul

• Here There (Huna Hunak) (curadoria de Gunnar B. Kvaran e Alanoud Al Buainain), QM Gallery Al Riwaq, Doha, Qatar

2014

• Como (...) coisas que não existem, 31a Bienal de São Paulo (curadoria de Charles Esche, Galit Eilat, Nuria Enguita Mayo, Pablo Lafuente e Oren Sagiv), Pavilhão da Bienal, São Paulo, Brasil

• Pororoca - A Amazônia no MAR (curadoria de Paulo Herkenhoff), MAR - Museu de Arte do Rio, Rio de Janeiro, Brasil

• Prêmio Pipa 2014, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, MAM Rio, Rio de Janeiro, Brasil

• Singularidades/Anotações – Rumos Artes Visuais 1998-2013, Itaú Cultural, São Paulo, Brasil

• Histórias Mestiças (curadoria de Adriano Pedrosa e Lilia Schwarcz), Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil

• Cães Sem Plumas (curadoria de Moacir dos Anjos), Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães, Recife, Brasil

• 3a Bienal da Bahia - É tudo Nordeste?, Salvador, Bahia, Brasil

• Imagine Brazil (curadoria de Gunnar B. Kvaran, Hans-Ulrich Obrist e Thierry Raspail), Musée D'art Contemporain de Lyon, Lyon, França

2013

• Imagine Brazil (curadoria de Gunnar B. Kvaran, Hans Ulrich Obrist e Thierry Raspail), Astrup Fearnley Museet, Oslo, Noruega

• Chambres à Part, Edition VIII, La Réserve Paris, Paris, França

• Entre-temps... Brusquement, et ensuite, 12e Biennale de Lyon, Lyon, França

• Cães Sem Plumas (curadoria de Moacir dos Anjos), Galeria Nara Roesler, São Paulo, Brasil

• Convite à Viagem - Rumos Artes Visuais (curadoria de Agnaldo Farias), Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil

• Poema aos homens do nosso tempo - Hilda Hilst em diálogo, Ateliê Aberto, Campinas, Brasil 

2012

• To be with art is all we ask (curadoria de Gunnar B. Kvaran), Astrup Fearnley Museet, Oslo, Noruega

Alphabet of the Magi, Mendes Wood no Edificio Copan de Oscar Niemeyer, São Paulo, Brasil

Dos Percursos e das Poesias (curadoria de Bitu Cassundé), Museu de Arte Contemporânea do Ceará, Fortaleza, Brasil

• Projeto Metrô de Superfície: mostra I (curadoria de Clarissa Diniz e Bitu Cassundé), Paço das Artes, São Paulo, Brasil

• Amazônia: ciclos de modernidade (curadoria de Paulo Herkenhoff), Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro, Brasil; Centro Cultural Banco do Brasil, Brasília, Brasil

• Espelho Refletido: o surrealismo e a arte contemporânea brasileira (curadoria de Marcus de Lontra Costa), Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica, Rio de Janeiro, Brasil

• Zona Tórrida: certa pintura do nordeste (curadoria de Clarissa Diniz e Paulo Herkenhoff), Santander Cultural Recife, Recife, Brasil

• Novas Aquisições 2010 2012 - Coleção Gilberto Chateaubriand (curadoria de Luiz Camillo Osório e Marta Mestre), Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, MAM Rio, Rio de Janeiro, Brasil

• Convite à Viagem - Rumos Artes Visuais (curadoria de Agnaldo Farias), Itaú Cultural, São Paulo, Brasil

2011

• Caos e Efeito (curadoria de Fernando Cocchiarale, Lauro Cavalcanti, Moacir dos Anjos, Paulo Herkenhoff e Tadeu Chiarelli), Itaú Cultural, São Paulo, Brasil

• Os Primeiros 10 Anos, Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil

2010

• Amazônia, a arte (curadoria de Orlando Maneschy), Palácio das Artes, Belo Horizonte, Brasil; Museu Vale, Vila Velha, Brasil

2009

• Arte Pará 2009, Fundação Rômulo Maiorana, Belém, Brasil

• Trajetórias 2009, Fundação Joaquim Nabuco, Recife, Brasil

2008

• Arte Pará 2008, Fundação Rômulo Maiorana, Belém, Brasil

2005

• Redemergências, Projéteis de Arte Contemporânea e Rede Nacional de Artes Visuais, Palácio Gustavo Capanema, Funarte, Rio de Janeiro, Brasil 

2004

• Projeto Prima Obra 2003-2004, Galeria Fayga Ostrower, Funarte, Brasília, Brasil

2002

• III Salão de Arte Cidade de Porto Alegre, Usina do Gasômetro, Porto Alegre, Brasil

2001

• Brasil+500 Maranhão - Mostra do Redescobrimento, Módulo: Carta de Pero Vaz de Caminha - artistas maranhenses, Convento das Mercês, São Luís, Brasil

2000

• Projeto Prima Obra 2000, Galeria Funarte, Brasília, Brasil

• IX Salão Paulista de Arte Contemporânea, Salão Concourse, Estação Júlio Prestes, São Paulo, Brasil

 

 

     Coleções

• IAGO - Instituto de Artes Gráficas de Oaxaca, Oaxaca, México

• ARoS Aarhus Kunstmuseum, Aarhus, Dinamarca

ICA Miami - Institute of Contemporary Art, Miami, EUA

• Rubell Family Collection - Contemporary Arts Foundation, Miami, EUA

• Servais Family Collection, Bruxelas, Bélgica

MASP - Museu de Arte de São Paulo, São Paulo, Brasil

• Thyssen-Bornemisza Art Contemporary, Viena, Áustria

• Pinacoteca do Estado de São Paulo, São Paulo, Brazil

• Museu de Arte Contemporânea do Ceará, Fortaleza, Brasil

• Astrup Fearnley Museum of Modern Art, Oslo, Noruega

• Coleção Gilberto Chateaubriand, MAM Rio - Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil

• MAR - Museu de Arte do Rio, Rio de Janeiro, Brasil

Fundação Joaquim Nabuco, Recife, Brasil

• Centro Cultural Banco do Nordeste, Fortaleza, Brasil

PAMM - Pérez Art Museum Miami, Miami, EUA.

• Ilmin Museum of Art, Seul, Coréia do Sul.

 

 

     Residências

2018

• Saco Azul/ Maus Hábitos, Porto, Portugal

• PAOS, Guadalajara, México

• Casa GIAP, Chiapas, México

2014

• Residência para produção de obra para 31a Bienal de São Paulo, Ateliê Aberto, Campinas, Brasil

• Elefante Centro Cultural, Brasília, Brasil

• Work in progress/ residência - Centro Cultural Banco do Nordeste, Fortaleza, Brasil

2013

• Projeto Poemas aos homens do nosso tempo, Instituto Hilda Hilst - Casa do Sol e Ateliê Aberto, Campinas, Brasil

 

     Prêmios

2016

• Maranhão na tela - Melhor Filme, Melhor Edição e Melhor Sonorização, Maranhão, Brasil 

2014

• Finalista no Prêmio PIPA 2014, Brasil 

2011

• Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2011, Funarte, Brasil

2009

• Prêmio-Aquisição, Arte Pará 2009, Fundação Rômulo Maiorana, Belém, Brasil

2008

• Grande Prêmio, Arte Pará 2008, Fundação Rômulo Maiorana, Belém, Brasil

     Publicações [selecionadas].

• Thiago Martins de Melo, coordenação de produção: Samantha Moreira, editora Capivara, edição bilíngue: português/ingles, 304pp., 2019.

• Contra Feitiço, A partir do filme “Rasga Mortalha” de Thiago Martins de Melo; tiragem limitada de 100 cópias numeradas e assinadas; concepção: Germano Dushá, Thiago Martins de Melo,Raul Luna; edição: Germano Dushá, Mateus Acioli; imagens: excertos editados dos desenhos de Thiago Martins de Mello; textos: Germano Dushá, Ramon Brandão, data_labe, Agrippina R. Manhattan, Ana Matheus Abbade, Yná Kabe Rodríguez; design gráfico: Raul Luna; impressão: Livros Fantasma, Meli Melo Press, 2019.

• Les 101 mots de l'art contemporain à l'usage de tous, Archibooks / Bookstorming, 2017.

Contemporary Art Brazil, Thames & Hudson, 2012.

• Pintura Brasileira Séc. XXI, Editora Cobogó, 2011.